Posted in | Nanobusiness

A Federação Russa Continua a Investir em Nanoeducation Apesar da Retirada Econômica

Apesar da retirada econômica, a Federação Russa continua a investir no nanoeducation. Ao Contrário dos países Ocidentais, Rússia fornece o programa governamental especial “Nanoeducation” e financia aquelas actividades do pressuposto federal. O ponto do núcleo do programa é a instalação de ferramentas especiais em estabelecimentos educacionais do tipo diferente e em organização de nanolaboratories do treinamento especial.

O Programa Dirigido Federal “Revelação da Infra-estrutura de Nanotech Na Federação Russa”, iniciada pelo presidente Vladimir Putin, foi adotado em 2008 e será activo até 2010. O Nanoeducation é uma das partes importantes deste programa que é governado pelo Ministério da Educação e pela Ciência de Rússia.

De acordo com o Programa, a actividade principal em Nanoeducation para hoje é equipar as universidades centrais e outros estabelecimentos educacionais com os nanolaboratories do treinamento. Estas são classes experimentais cabidas com os microscópios especiais e os computadores conectados, onde os estudantes podem fazer treinamentos sob a égide do professor ou conduzir suas investigações científicas.

A Criação dos nanolaboratories é a ideia do Ministro de educação e de ciência Andrey Fursenko. Após o visita das exposições e da obtenção do nanoeducational ao corrente com os nanocomplexes de formação simplificados, veio à decisão estabelecer tal equipamento em universidades do Russo. Esta ideia veio à realização mesmo antes que o padrão educacional no nanoscience estêve desenvolvido e espalhado extensamente no país.

Em 2008, 35 High Schools em Rússia foram equipadas com os complexos especiais do nanoeducational. As universidades, as primeiras tentadas sobre a experiência, foram escolhidas de acordo com suas especialização e avaliação e situadas por todo o lado no país.

Os Professores e os estudantes têm falado já os primeiros relatórios favoráveis sobre o programa. “Pela primeira vez os estudantes, mesmo nas fases mais adiantadas da educação, receberam uma oportunidade de olhar o nanoworld por seus próprios olhos e de imaginar a imagem real. Eu sou certo que este facto positivo fará o processo educacional muito mais interessante e claro”, - disse o professor de uma das universidades principais do Russo. É importante para a menção, de que os trabalhos científicos do primeiro estudante, feitos com os nanocomplexes do treinamento, tem aparecido já em Rússia. Alguns deles estão indo ser apresentados como os estudos do PhD.

Mas não é o fim da história. No momento em que os complexos do nanoeducational estão sendo instalados em 48 escolas secundárias do Russo. Primeiramente, estas são as escolas especializadas na Física, situada em partes diferentes da Federação Russa. No fim do último ano o equipamento tem sido entregado já e agora mais das classes esteja pronto ao ensino.

Vale a menção, de que para baixo até agora o Governo do Russo, equipando as salas de aula, trabalhou com o mesmo contratante NT-MDT Co. É uma empresa global, produzindo dispositivos complexos do nanotech. Para escolas e universidades do Russo a empresa fornece o treinamento especial utiliza ferramentas “NANOEDUCATOR”. É um complexo educacional científico com um grupo de aprender os auxílios, acessórios para introduzir estudantes à nanotecnologia e dar-lhes uma compreensão básica de como trabalho com objetos a nível do nanoscale. É um SPM estudante-orientado desenvolvido para o trabalho mesmo por usuários principiantes do microscópio.

Tell Us What You Think

Do you have a review, update or anything you would like to add to this news story?

Leave your feedback
Submit