Posted in | Nanomedicine | Nanomaterials

Nanoparticles Libera Selectivamente Drogas em Pilhas Humanas Envelhecidas

Published on October 4, 2012 at 5:29 AM

Uma equipe de cientistas Espanhóis desenvolveu um nanodevice inteligente que colocasse as fundações para a revelação futura de terapias novas contra o envelhecimento. O dispositivo consiste nos nanoparticles que podem selectivamente liberar drogas em pilhas humanas envelhecidas. Seu uso futuro potencial varia do tratamento das doenças que envolvem o tecido ou a degeneração celular tal como o cancro, o Alzheimer ou o Parkinson, entre outros, às desordens de envelhecimento aceleradas (progeria).

Internalização e liberação controlada do rhodamine fluorescente da molécula em fibroblasto senescent dos pacientes com congenita do dyskeratosis, pelo nanodevice MSN-S1

Esta pesquisa foi realizada pelo Centro de Reconocimiento Molecular y Desarrollo Tecnológico (IDM), Unidade Misturada Universitat Politècnica de València - Universitat de València; o Instituto de Biología Molecular y Celular de Plantas (UPV-CSIC), o Instituto de Investigaciones Biomédicas (CSIC/UAM), o CIBER das Doenças Raras (CIBERER) e CIBER na Tecnologia Biológica, nos Matérias Biológicos e no Nanomedicine (CIBER-BBN). O trabalho foi publicado no jornal prestigioso Angewandte Chemie.

“O nanodevice que nós desenvolvemos consiste em nanoparticles mesoporous com uma superfície exterior do galactooligosaccharide que impeçam a liberação da carga e que somente abra selectivamente em pilhas degenerativos da fase ou em pilhas senescent. A prova de conceito demonstra pela primeira vez que os produtos químicos selecionados podem ser liberados nestas pilhas e não em outro,” diz Ramón Martínez Máñez, pesquisador no Centro do IDN - Universitat Politècnica de València e membro de CIBER-BBN.

José Ramón Murguía, um pesquisador no Instituto de Biología Molecular y Celular de Plantas (UPV-CSIC) e igualmente um membro de CIBER-BBN, explica que o senescence é um processo fisiológico do corpo para eliminar pilhas envelhecidas ou umas com alterações que podem comprometer sua viabilidade. “Quando nós somos novos os mecanismos do senescence impedem, por exemplo, a aparência dos tumores, o problema é aquela com idade que as pilhas senescent acumulam nos órgãos e nos tecidos, interrompendo seu funcionamento apropriado. A eliminação destas pilhas retardaria a aparência das doenças associadas com o envelhecimento. Nosso trabalho mostra que nós podemos desenvolver uma terapia visada contra estas pilhas,” diz Murguía.

Os pesquisadores avaliaram o serviço público dos nanodevices novos nas culturas celulares preliminares derivadas dos pacientes com o congenita de envelhecimento acelerado do dyskeratosis da síndrome (DC). Tais culturas mostram uma porcentagem alta do senescence caracterizada por níveis elevados de actividade da beta-galactosidase, uma enzima característica do estado senescent. “Os overexpress das pilhas do envelhecimento esta enzima assim que nós projectaram os nanoparticles que aberto quando detectado e libere seus índices a fim eliminar pilhas senescent, para impedir a deterioração ou mesmo para reactivate para seu rejuvenescimento,” explica Murguía. “Há um número de doenças associadas com o envelhecimento prematuro dos tecidos, muitos de que pacientes muito novos da influência e para quem lá não é nenhuma alternativa terapêutica, como no caso da C.C. ou da anemia não plástica. Outras doenças afectam adultos, como a fibrose pulmonaa ou a cirrose de fígado idiopática. Estes nanoparticles representam uma oportunidade original de entregar selectivamente compostos terapêuticos aos tecidos afetados e para salvar suas viabilidade e funcionalidade” explica Rosario Perona, pesquisador no Instituto de Investigaciones Biomédicas (CSIC/UAM) e membro de CIBERER.

O passo seguinte desta pesquisa é testar o legado com agentes terapêuticos e validá-lo nos modelos animais. “Tanto quanto nós sabemos este é a primeira vez que um nanotherapy para pilhas senescent estêve descrito. Embora haja ainda distante ir destes resultados à eliminação possível de pilhas ou de terapias senescent do rejuvenescimento, nós acreditamos que nossa pesquisa pode abrir trajectos novos para terapias se tornando para o tratamento de doenças relativas à idade,” dizemos Ramón Martínez Máñez.

Source: http://www.ruvid.org

Last Update: 5. October 2012 08:57

Tell Us What You Think

Do you have a review, update or anything you would like to add to this news story?

Leave your feedback
Submit