O TSMC Revela a Versão A Mais Atrasada de sua Metodologia de Projecto Líder de mercado

Published on July 22, 2009 at 4:50 AM

Empresa de Manufactura do Semicondutor de Taiwan, Ltd. (TWSE: 2330, NYSE: TSM) revelou hoje o Fluxo 10,0 da Referência, a versão a mais atrasada de sua metodologia de projecto líder de mercado para abaixar obstáculos do projecto, para melhorar margens do projecto, e para aumentar rendimentos. O Fluxo 10,0 da Referência é um dos componentes colaboradores chaves da Plataforma Aberta da Inovação (TM). A geração a mais nova do fluxo da referência da empresa continua a tradição de conduzir avanços na metodologia de projecto, endereça desafios novos do projecto da tecnologia de processamento 28nm e entrega inovações para permitir o projecto (SiP) do Sistema-em-Pacote.

Capacitação do Projecto 28nm

A Plataforma Aberta da Inovação do TSMC (OIP) pavimenta a maneira para que as ferramentas de EDA estejam pronta para 28nm. OIP permite a co-optimização do projecto e da tecnologia de processamento na fase inicial de R&D, e assegura realces exigidos da ferramenta de EDA para acontecer correctamente e oportuno. Especificamente para o Fluxo 10,0 da Referência, o TSMC foi além da verificação física do MANUAL DO TRANSPORTADOR, dos LVS e da extracção que dependem pesadamente em cima das exigências do processo 28nm, e contratado cedo com sócios de EDA para qualificar seu lugar e para distribuir ferramentas para TSMC 28nm.

Sistema no Pacote (SiP)

A Sistema-em-Microplaqueta (SoC) tem sido o foco nas nove gerações precedentes do Fluxo da Referência do TSMC que começa em 2001. O Fluxo 10,0 da Referência introduz as soluções do projecto do Sorvo que incluem pela primeira vez o projecto de pacote do Sorvo, a análise elétrica da extracção do pacote, o sincronismo, a integridade de sinal, a gota do IR, e o thermal à verificação física do MANUAL DO TRANSPORTADOR e do LVS. Estas tecnologias do Sorvo permitem clientes de explorar suas estratégias da aplicação e da integração, realizam o projecto do produto acabado e reforçam vantagens competitivas em termos do custo, do desempenho, e do tempo-à-mercado.

Colaboração Expandida de EDA

Novo ao fluxo é a RTL--GDSII à trilha da aplicação da microplaqueta dos Gráficos do Mentor, a favor do uso do EDA dos clientes. O Fluxo 10,0 da Referência permite mais Altos existentes dos sócios do ecossistema, Anova, Apache, Azuro, Cadência, CLK A DINAMARCA, a DINAMARCA Extrema, o Magma, o Nannor, e o Synopsys de trazer inovações de EDA aos clientes com a colaboração com TSMC.

Características Diferenciadas na Potência, no Desempenho e no DFM

As características Novas da baixa potência no Fluxo 10,0 da Referência incluem o apoio para a trava pulsada, um esquema novo da aplicação da baixa potência para a economia de potência, e automatização da baixa potência, potência do multi-canto/optimização hierárquicas do sincronismo, Síntese da Árvore do Pulso De Disparo da baixa potência do multi-canto (CTS), análise vectorless da potência e mais, permitindo uma análise potência-ciente mais eficaz da aplicação e da potência. Para conduzir o maior desempenho, a optimização fase-baseada avançada e (OCV) a análise da Variação da Em-Microplaqueta são feitas disponíveis pela primeira vez, permitindo clientes de obter um olhar mais realístico no sincronismo com a finalidade de remover as margens do projecto redundante. Uma característica elétrica nova de DFM é introduzida para que os clientes tomem na consideração o impacto do sincronismo do “do efeito do esforço silicone,” assim ajudando a aumentar rendimentos.

Last Update: 13. January 2012 21:08

Tell Us What You Think

Do you have a review, update or anything you would like to add to this news story?

Leave your feedback
Submit