Site Sponsors
  • Technical Sales Solutions - 5% off any SEM, TEM, FIB or Dual Beam
  • Park Systems - Manufacturer of a complete range of AFM solutions
  • Oxford Instruments Nanoanalysis - X-Max Large Area Analytical EDS SDD
  • Strem Chemicals - Nanomaterials for R&D

There is 1 related live offer.

5% Off SEM, TEM, FIB or Dual Beam

Os Cientistas Usam Materiais Diamante-Baseados de Nanoscale Para Melhorar Eficiência da Eletrônica'

Published on March 15, 2012 at 5:50 AM

Por Cameron Chai

O Laboratório Nacional de Argonne no Ministério de E.U. de Energia conduziu dois estudos novos, que revelaram um método novo para investigar as propriedades de filmes finos do nanocrystalline-diamante. Esta descoberta a mais atrasada pode pavimentar a maneira de aumentar o desempenho de tipos específicos de circuitos integrados, e este realce pode ser conseguido minimizando “o orçamento térmico” dos circuitos integrados.

Anirudha Sumant, o nanoscientist de Argonne, informado que por um número de anos os coordenadores têm esforçou-se para desenvolver dispositivos electrónicos avançados e eficientes minimizando tamanho dos seus componentes'. Ao fazer Assim, os cientistas alcançaram “um gargalo térmico”, onde o calor em excesso produziu nos impactos do dispositivo electrónico seu desempenho. A única maneira de superar este problema é remover este calor em excesso da eletrônica.

Os filmes finos do Diamante têm as propriedades térmicas originais, que fizeram pesquisadores para propr que este material pudesse ser usado como um dissipador de calor que pudesse ser combinado com os materiais semiconducting diferentes. Contudo, os filmes do diamante exigem as altas temperaturas do depósito que podem exceder 800°C, assim obstruindo a viabilidade desta técnica.

Sumant informado que o diamante filma a necessidade de ser produzido na mais baixa temperatura. Quando estes filmes são produzidos em 400°C, é possível combinar este material com os tipos diferentes de materiais do semicondutor.

Sumant e outros nanoscientists aplicaram um método novo, que alterasse o procedimento do depósito dos filmes do diamante. Com esta técnica, eram bem sucedidos em trazer abaixo da temperatura a 400°C e igualmente ajustavam propriedades térmicas dos filmes do diamante' controlando seu tamanho de grão. Isto permitiu a integração do diamante com outros dois materiais chaves como o nitreto e o graphene do gálio.

Mais adicional de Sumant adicionado que quando comparado ao óxido de silicone ou ao silicone, o diamante tem melhores propriedades da condutibilidade de calor. O Silicone é usado tipicamente desenvolvendo dispositivos do graphene. A remoção Melhorada do calor permitirá que os dispositivos diamante-baseados do graphene mantenham umas densidades actuais mais altas.

No segundo estudo, Sumant aplicou a mesma tecnologia para integrar o nitreto do gálio com os filmes finos do diamante. O material anterior é usado no DIODO EMISSOR DE LUZ de alta potência. Após ter depositado um filme do diamante da espessura de 300 nanômetro em uma carcaça do nitreto do gálio, os cientistas observaram uma melhoria notável no desempenho térmico.

Os resultados dos estudos foram publicados em Materiais Funcionais Avançados e em Letras Nano.

Source: http://www.anl.gov/

Last Update: 15. March 2012 07:08

Tell Us What You Think

Do you have a review, update or anything you would like to add to this news story?

Leave your feedback
Submit